No Brasil as doenças do coração representam mais de 30% das mortes registradas. No mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 17,5 milhões de pessoas morrem anualmente pelo mesmo motivo. Tabagismo, hipertensão e sedentarismo estão entre os fatores de risco.

Os números vão além. A cada 40 segundos uma pessoa morre no país devido à doença cardiovascular. Mas é possível reverter esse quadro com atitudes simples. Como resultado, estão garantidas maior longevidade e melhora na qualidade de vida. Quem confirma é a Federação Mundial do Coração.

Segundo o órgão, 80% das mortes por doenças cardíacas no mundo seriam evitadas apenas com mudanças no estilo de vida. Livrar-se da inatividade física, do tabagismo e do alcoolismo, por exemplo, evita infarto e diminui o risco de obstrução das artérias assim como alterações nas células do coração.

Outras recomendações para prevenir doenças do coração

Da mesma forma que combater o estresse e a ansiedade, moderar no açúcar e no sal e inserir mais vegetais no cardápio surtem consequências positivas no organismo, além de prevenir Acidente Vascular Cerebral (AVC). Outra atitude simples para evitar doenças cardiovasculares é reforçar o hábito de passar fio dental e escovar os dentes.

Cientistas da Itália e do Reino Unido comprovaram que a higiene adequada reduz o risco de derrame e doenças do coração, independentemente de outros cuidados, como o controle do colesterol. Isso porque uma simples inflamação na gengiva pode afetar o coração e aumentar a incidência de infarto.

Mas o infarto e AVC apresentam sintomas distintos. Correspondem ao primeiro falta de ar, suor frio, náuseas e dores no peito. Ao segundo, perda de força muscular, dificuldade para falar e formigamento. Prevenção e acompanhamento médico são determinantes para evitar ambos. Confira outras dicas para evitar doenças cardíacas.

Sobre o CentroMeb

Com sede na Ceilândia Sul, o CentroMeb é um centro ambulatorial composto por 21 profissionais, atendendo em 15 especialidades diferentes: angiologia, cardiologia, clínico geral, dermatologia, ecocardiografia, endocrinologia, neurologia, nutrição, oftalmologia, ortopedia, pediatria, psiquiatria e reumatologia. A instituição também oferece diagnósticos a partir de exames laboratoriais e serviços de radiologia.